Sobre nós

Nosso Público:

Hoje existe uma quantidade enorme de opções, possibilidades e ferramentas para que se possa ter um negócio na internet. Isso em geral, cria bastante entusiasmo e expectativas em grande parte dos empreendedores, mas principalmente naqueles que já têm um negócio off line e querem que esse negócio também esteja nas nuvens, vendendo para um público cada vez mais conectado.

E quando se diz uma quantidade enorme de opções, isso quer dizer tudo aquilo que aparece nos resultados de busca quando se pesquisa "Como Vender Pela Internet".
Cursos;
Plataformas;
Redes sociais;
e etc..

Ao mesmo que tempo que isso é positivo, pois proporciona um vasto leque de opções, também gera muita angústia para quem quer fazer parte desse universo, pois cada escolha é uma renúncia e não saber o que escolher ou o que renunciar causa sempre profundos sentimentos negativos de não ter clareza e/ou certeza do caminho pelo qual se está decidindo percorrer.
Enfim, nosso público é esse, empreendedores que fazem essa busca no Google, que procuram na internet um novo universo de oportunidades pro seu negócio.


Nossa história.

Entenda como a Nuc Tecnologia chegou até aqui, como ela foi concebida originalmente e os fatores que ao longo do tempo contribuíram para o processo de aperfeiçoamento e evolução dos modelos de negócio adotados em cada fase da empresa.

Fundadores da Nuc Tecnologia

Esse negócio possui três fundadores e dois deles se conhecem desde a adolescência (Vanderlei Ohland e Teofilo Macedo) e esse é um fato que contribuiu muito para que essa empresa existisse. Esses dois fundadores estudaram na mesma instituição o ensino fundamental, o ensino médio e também a faculdade. No ensino fundamental e médio estudaram na mesma sala algumas séries, já no ensino superior fizeram cursos diferentes, porém, assim como apontado anteriormente, na mesma faculdade.

Alguns anos mais tarde, já na vida adulta e profissional, Teofilo Macedo se tornou redator em uma agência de publicidades, que em um determinado momento precisou contratar um diretor de arte. Como havia um conhecimento de longa data entre ele (Teofilo) e Vanderlei Ohland, que nessa época atuava como designer, fez essa indicação para ocupar o cargo em questão. A partir desse fato, os dois se tornaram dupla de criação nessa agência de publicidades e foi então, que ao longo de vários anos, acumularam bastante conhecimento de mercado no sentido de entender quais eram as principais demandas e necessidades de muitas empresas anunciantes.

Após aproximadamente oito anos trabalhando nessa empresa, decidiram criar a sua própria agência de publicidades e então explorar o novo e promissor mundo do empreendedorismo. Assim foi fundada a Nuc Publicidades.


1º Modelo de negócio.

Sketch - Ideia - Negócio

Assim que iniciaram os trabalhos com a Nuc Publicidades, definiram um modelo de negócio muito parecido com o modelo da agência que trabalhavam anteriormente. Possuía, sim, alguns diferenciais, mas em linhas gerais a base era bem similar. Com esse modelo tinha-se a pretensão de atender empresas de todos os portes, todos os segmentos e criar publicidade para todos os meios (TV, Rádio, Outdoor, Revistas, Internet e etc...).

Logo percebeu-se que o foco estava muito abrangente, na verdade quase não havia foco, tudo que aparecia, se fazia. rsrsrsr Por ter uma equipe pequena, começaram a entender que precisariam especificar melhor o portfólio de serviços oferecidos.

Identificaram que cerca de 80% dos clientes que os procuravam tinham o seguinte perfil:
Precisavam de campanhas de varejo. Propagandas, anúncios, comerciais focados em vendas, em geral essas campanhas se resumem a anunciar produto/serviço e seus respectivos preços (Exemplo: Casas Bahia - Quer pagar quanto?).
Apenas para efeito de entendimento, uma outra modalidade de campanhas são as institucionais, aquelas propagandas que focam mais em valores abstratos, sentimentos e outros aspectos subjetivos (Exemplo: Coca-Cola - Urso, Papai Noel, Natal).
Precisavam que os custos de produção e veiculação das campanhas fossem bem baixos. As verbas publicitárias eram realmente modestas, o que limitava muito as possibilidades na hora de se elaborar e executar os anúncios.

A partir dessas constatações decidiu-se aprimorar um pouco mais o modelo de negócio...


2º Modelo de negócio.

Alvo

Nesse novo momento da empresa, decidiu-se o seguinte:
-Os clientes seriam micro e pequenas empresas;
-O portfólio de serviços estaria focado apenas no desenvolvimento de campanhas publicitárias de varejo. Não haveria mais criação de logos, layout de papelaria, materiais institucionais, folders e etc;
-As campanhas seriam exclusivas para os meios onlines. Como as verbas publicitárias eram invariavelmente modestas, as campanhas que desenvolvidas seriam exclusivas para os meios online, já que estes viabilizam veiculação com orçamentos, realmente, pequenos.

Agora, com um foco mais bem definido, levando em consideração toda a experiência em publicidade acumulada, sabendo o que funciona, o que não funciona para o perfil das campanhas desenvolvidas, padronizou-se uma série de procedimentos que tornavam as ações mais ágeis, com custo menores e resultados mais rápidos. Enfim, criou-se uma linha de produção.

Com essa linha de produção, repetia-se o mesmo processo para todas as campanhas desenvolvidas, e a cada nova repetição do processo, eram feitas correções e aprimoramentos. Em pouquíssimo tempo percebeu-se que um novo modelo de negócios estava surgindo.


3º Modelo de negócio.

União

O formato de campanhas que havia sido desenvolvido e oferecida para os clientes, até então, tinha a seguinte estrutura:
-Criava-se banners e vídeos que eram veiculados em redes sociais, página de busca do Google, blogs e sites de notícias;
-Esses banners e vídeos sempre direcionavam o público para páginas de vendas dos produtos e/ou serviços promovidos nessas campanhas;
-Media-se o desempenho das campanhas através dos resultados de vendas para então repetir ou aprimorar o processo.

De todo esse processo, a única área que a agência não desenvolvia era a construção dos sites e/ou as páginas de vendas. Para isso, a Nuc Publicidades contratava outras empresas para programar e desenvolvimento sites e aplicativos.
Essa demanda era constante, já que ter um canal de vendas online era fundamental para a viabilidade das campanhas desenvolvidas.

Esse fato gerava os seguintes contratempos:
-Falta de previsibilidade de orçamento.
Cada novo site que era construído tinha especificações distintas um do outro e isso fazia com que os orçamentos oscilassem.

-Prazos imprevisíveis.
O mesmo fator do item acima também causava esse contratempo.

-Despadronização.
Como cada canal de vendas online desenvolvido tinha características bastantes distintas, isso afetava o formato das ações publicitárias que deveriam ser estruturadas, fato que muitas vezes comprometia o padrão de campanhas que eram desenvolvidas e seus respectivos resultados.

Foi então que surgiu a ideia de se desenvolver uma plataforma que fosse capaz de criar sites e aplicativos de forma personalizável, rápida e barata. Assim, seria possível ter o controle total do ciclo das campanhas que eram desenvolvidas.

E é assim que a empresa passar a ter um terceiro sócio (Cândido Alberto Silva). A participação desse novo sócio foi decisiva para os novos rumos que a empresa passou a seguir a partir de então.

O Cândido Alberto Silva tinha uma empresa de tecnologia que já prestava serviços para a Nuc Publicidades. Era a empresa dele que se contratava, na maioria das vezes, para se desenvolver os canais de vendas onlines necessários para as campanhas. Essa proximidade fez com que percebessem o seguinte, com a união das suas forças, construíram um novo negócio ainda melhor e mais eficiente.

Com essa união, os conhecimentos, experiências e equipes necessários para o desenvolvimento de software, sistemas e aplicações web passaram a fazer parte da empresa, agora era uma possibilidade real a viabilidade da construção da plataforma anteriormente idealizada.

Com a primeira versão da plataforma pronta, foi possível então formatar esse que seria o terceiro modelo de negócios da empresa.

Agora, além das campanhas publicitárias de vendas online, também era oferecido, no mesmo pacote de serviços, o desenvolvimento do site que seria utilizado como canal de vendas.

Para se chegar nesse formato, foi necessário também delimitar um perfil específico de empresas que a agência poderia atender.

A partir de então passou-se a ser atendido apenas empresas do segmento de delivery de alimentos.

Porque delimitar foi necessário?
Porque para se desenvolver a plataforma dentro de um tempo hábil, com a equipe e o orçamento disponível para isso, foi necessário torná-la mais específica. Dessa forma seria possível desenvolver uma plataforma com funcionalidades úteis e interessantes, porém apenas para um perfil de negócio.

Porque se escolheu o segmento de delivery de alimentos?
Dentre todas as possibilidades que se poderia focar, essa se mostrou com maior vocação, dentro da ótica da empresa, para as vendas online. O segmento de delivery já tem toda a estrutura para se viabilizar esse modelo, bastando apenas a criação e a divulgação de um canal vendas online.


4º Modelo de negócio.

Ideia Final

Depois de estabelecido o modelo de negócio anterior, percebeu-se que apesar das campanhas serem eficientes, muitos dos clientes, por questões orçamentárias, acabavam por não implementar essas ações com a regularidade necessária.

Tendo isso em mente, chegou-se a conclusão que haveria uma solução para isso.
A solução seria cortar custos com a produção das campanhas!

E como isso seria possível?
Como dito anteriormente, foi desenvolvido um processo padrão para o desenvolvimento das campanhas. E esse processo, com alguns ajustes, poderia ser facilmente adaptado para que fosse desenvolvido por qualquer pessoa, mesmo que esta não tivesse nenhum conhecimento de publicidade e\ou das ferramentas necessárias para criação das campanhas.
Desta forma, poderia se criar conteúdos informativos que ensinassem os clientes a fazerem por conta própria suas campanhas. Assim não precisariam ter que destinar seus recursos com o pagamento da criação das campanhas. Enfim, não seria mais oferecido os serviços de desenvolvimento de campanha, em vez disso, seria ensinado, gratuitamente, como se fazer isso por conta própria.

E o que a Nuc ganharia com isso?
A empresa não faturaria mais com a venda dos serviços de desenvolvimento das campanhas publicitárias e se financiaria apenas com os recursos provindos da utilização, pelo seus clientes, dos sites desenvolvido em sua plataforma.

Foi então que a Nuc Publicidades tornou-se Nuc Tecnologia e com isso se chegou ao atual modelo de negócios da empresa! Modelo que tem como base os seguintes focos:

-Priorizar clientes que atuem no segmento de delivery de alimentos;
-Produzir e disponibilizar conteúdos informativos que capacitem o público geral a desenvolver as suas próprias campanhas publicitárias.
-Desenvolver e aprimorar constantemente uma plataforma de construção de sites e aplicativos com objetivo de serem canais de vendas online, personalizáveis, simples de se utilizar e acessível para se manter.


Conclusão.

Essa foi a jornada da Nuc Tecnologia até esse momento atual. Buscou-se a evolução constante para aprimorar cada vez mais o modelo de negócios, uniu forças para superar obstáculos e explorar novas possibilidades, orbitando sempre em torno do interesses dos seus clientes, para desenvolver ao longo do tempo soluções testadas, maduras e confiáveis.


Fundadores

Co-fundador: Cândido Alberto Silva

Cândido Alberto Silva

Cursando 9º Semestre de Engenharia de Produção. Iniciou cedo sua carreira profissional de programador, aos 15 anos já estava desenvolvendo seus primeiros web sites e aos 16 anos fundou sua primeira empresa de tecnologia. Desde então vem aperfeiçoando seus conhecimentos e técnicas de desenvolvimento para aplicar em novos e desafiadores projetos.


Co-fundador: Teofilo F. Macedo

Teofilo Fabio Macedo

Cursou Administração/UNEMAT e Gestão de Informação/FASIPE. Sempre gostou de assuntos de TI, mas a maior parte da sua experiência profissional está em agência de publicidades. Hoje busca conciliar suas experiências e aprendizados, focando 100% da sua energia na construção de um negócio estremamente promissor. Enfim,foi diretor criativo, é co-fundador de uma empresa de tecnologia e sempre será um estudante interessado em descobrir coisas novas.


Co-fundador: Vanderlei Ohland

Vanderlei Ohland

Formado em Administração em Marketing pela FASIPE, atuou como diretor de arte por mais de 10 anos em agências de publicidades. A partir de 2013 migrou para área comercial, área que o fez perceber a sua verdadeira paixão profissional, vender, vender, vender.

JUNTE-SE A NÓS!
Informe seu e-mail abaixo para ser notificado sempre que tivermos novas publicações.
Converse com a gente via WhatsApp